quinta-feira, 31 de março de 2011

O Orkut é caracteristicamente definido como

a) provedor de acesso;
b) lista de contatos;
c) rede de segurança;
d) comércio eletrônico;
e) rede social.

A questão acima caiu na prova do TRF 1 Região, cargo Analista Judiciário - Área Judiciária, aplicada no domingo passado.
Curiosamente pergunto: será que alguém foi capaz de errar isso?! Creio que não!!! Mesmo assim, aposto que muitos  candidatos, por excesso de zelo ou falta de confiança, leram umas 5 vezes antes de responder a dita cuja para ver se não era mais uma daquelas famosas "pegadinha". E não tinha nada de pegadinha. A banca só queria saber se o candidato estava antenado com o que acontece no mundo da internet. Não se surpreenda se na próxima prova (caso não seja aprovado e, eu espero que isso não aconteça) perguntarem sobre blog, twiter etc...aliás, falando nisso, o que é o twiter? vou criar uma conta, já!!! hehehehehe

Bons estudos!!

quarta-feira, 30 de março de 2011

O tênis e os concursos públicos

Sempre fui fã de esportes e o tênis é um dos meus favoritos.

Um dos maiores tenistas de todos os tempos, o americano Andre Agassi, lançou, há alguns poucos meses, uma polêmica biografia, em cuja leitura eu fiquei completamente envolvida neste Carnaval.

A despeito das polêmicas que a biografia levanta, eu não pude deixar de achar interessantes paralelos entre a vida dos esportistas e dos candidatos a concursos públicos.

Se você não acompanha tênis e não sabe quem o Agassi foi, basta dizer que ele ganhou todos os principais títulos da modalidade e foi número 1 do mundo.

De longe, o que mais me chamou atenção no livro foi o número de derrotas que o sujeito teve na vida. Olha, ele perdeu DEMAIS! Antes de iniciar a leitura da biografia de um campeão como ele, você imagina que, já que ele foi o melhor do mundo no que fazia, ele deve ter tido poucas derrotas, certo? Errado, completamente errado!

Ele perdeu inúmeras partidas, pelos mais diferentes motivos e o fato de ele, ainda assim, ter sido um fenômeno, é mais do que confortante. Imagine você que, para ser um vencedor, não importa o número de derrotas que você teve – importa, isto sim, o número de vitórias. Eu achei isto uma ótima notícia, você também não acha?

Não importa quantas derrotas você teve, até aqui; importa, de fato, quantas conquistas você terá, a partir daqui.

Interessantíssimo, também, foi o que o Agassi ouviu de seu técnico. Ele disse que o grande erro do tenista era, sem dúvida, preocupar-se em ser perfeito e, ao fazer isso, ele se complicava tanto e perdia tanto tempo que acabava sendo derrotado por um adversário tecnicamente mais fraco. Olha - dizia o técnico - você não precisa ser perfeito ou o melhor do mundo para vencer; você precisa, simplesmente, ser melhor do que o seu adversário naquele momento.

E eu acredito que isto é mais do que recorrente no mundo dos concursos públicos. Concursandos preocupados com a perfeição perdem tempo e energia, quando, na verdade, eles só precisam acertar mais itens do que outros candidatos, naquela prova específica.

É o que acontece, por exemplo, quando, em uma prova de concurso, o aluno se desespera e o psicológico vai por água abaixo quando ele se depara com item nunca visto antes. Ora, se você estudou esta matéria com afinco e por materiais de qualidade e não tem a menor ideia do que se trata o item, os outros candidatos também não o terão. Você não precisa ser perfeito – até porque não o será -, precisa, simplesmente, acertar mais itens do que outros candidatos, ainda que não necessariamente saiba mais do que eles.

Percebeu a sutileza? O último ponto que eu gostaria de ressaltar é o fato de que Agassi é, por muitos, considerado o maior devolvedor de saques de todos os tempos. E, lendo o livro, você percebe que não se trata simplesmente de um dom de devolver saques. O atleta, ainda quase bebê, era obrigado, pelo pai, a rebater milhares de bolas, sistematicamente, emanadas de uma máquina que o próprio Agassi entitulava “dragão”.

Deixadas de lado as discussões sobre a ética e a razoabilidade desta atitude do pai, resta-nos mais uma prova de que, para ser bom em algo (e este “bom” pode ser, por exemplo, responder corretamente a itens de concursos públicos), treino e repetições incansáveis são absolutamente necessárias.

Eu espero, de alguma forma, ter ajudado você a começar bem este ano de 2011, já que agora, passado o Carnaval, não há mais desculpa para encarar o ano novo, com seriedade.

Que Deus lhe abençoe.

Um abraço e força na peruca,

Profa, Carolina Teixeira

terça-feira, 29 de março de 2011


Matemática
 
Muitas vezes demoramos para concluir o exercício  por não ter prática em fazer continhas rápidas, para isso é preciso muito treino.

Podemos começar pela tabuada:

AQUI

Bom treino!
 
Crédito: prof. Joselias

segunda-feira, 28 de março de 2011


Raciocínio lógico - vídeo aula

As aulas foram ministradas no Rio janeiro em 2010.

Parte 1
http://www.megaupload.com/?d=ZQW3BBRL

Parte 2

sexta-feira, 25 de março de 2011

DIREITO ADMINISTRATIVO DO PONTO

Professor: Fabiano Pereira

O curso irá prepará-lo a enfrentar provas da Receita Federal do Brasil e demais concursos na área fiscal, certames dos Tribunais (TRT´s, TRE´s, TJ´s, TRF´s), concursos da Polícia Federal e Rodoviária Federal, CGU, bem como demais órgãos e entidades da Administração Pública Federal, Estadual e Municipal.

Conteúdo:

AULA 00 – Responsabilidade Civil do Estado
AULA 01 – Princípios informativos do Direito Administrativo
AULA 02 – Noções gerais acerca do Direito Administrativo.
AULA 03 – Administração Pública (Direta x Indireta)
AULA 04 – Entidades paraestatais
AULA 05 – Poderes administrativos
AULA 06 - Atos administrativos
AULA 07 – Agentes públicos
AULA 08 – Bens públicos
AULA 09 – Serviços públicos
AULA 10 – Intervenção do Estado na propriedade e no domínio econômico
AULA 11 – Controle da Administração Pública
AULA 12 – Licitação
AULA 13 – Contratos administrativos
 

quinta-feira, 24 de março de 2011

Questãozinha de Matemática
 
(TRT22R-Técnico/2010) Seja XYZ um número inteiro e positivo em que X, Y e Z representam os algarismos das centenas, das dezenas e das unidades, respectivamente. Sabendo que 36 935 ÷ (XYZ) = 83, é correto afirmar que
 
(A) X = Z
(B) X . Y = 16
(C) Z − Y = 2X
(D) Y = 2X
(E) Z = X + 2

quarta-feira, 23 de março de 2011

MACETE
 
INICIATIVA POPULAR = ART. 61, §2º
 
Para gravar o “quórum” necessário para o povo apresentar projeto de lei (iniciativa popular) temos que lembrar que pra participar do governo tem que “mamar nas tetas dele”.

Mas o povo é humilde… Só precisa de 1 SEIO!!! (lembrar-se da tabela de associação de letras e números)

1 SEIO (1 5310) = 1% = 5 (Estados); 3/10% de cada Estado (0,003%)

1% do eleitorado nacional (1)
5 Estados (S = 5)
3/10% (EIO = 310)

Gostou? Então anote aí em seu material de estudo e seja feliz!

segunda-feira, 21 de março de 2011

Lei de Improbidade Administrativa


O fortalecimento das instituições democráticas, com a Constituição de 1988, introduziu mecanismos formais e substanciais de controle da administração pública e dos agentes públicos, cobrando transparência, ética, eficiência e legalidade.

Hoje, inúmeros agentes públicos, dos mais variados escalões, respondem ações de improbidade administrativa formuladas com base na Lei 8.429/92, que regulamentou o art.37, parágrafo 4º, da Constituição Federal de 1988. O diagnóstico dessa realidade é um dos desafios mais importantes da atualidade.

Para falar sobre a lei de improbidade administrativa, o programa "Saber Direito" convida o professor Fábio Medina Osório, doutor em Direito Administrativo pela Universidade Complutense de Madri.

Trata-se de tema frequente em concursos públicos e na prática do mundo forense.

Curso irá ao ar no Programa Saber Direito da TV Justiça, de segunda-feira a sexta-feira, de 21 a 25 de abril de 2011, sempre às 7h da manhã, com reprise  às 23h 30min.

quinta-feira, 17 de março de 2011

VÍDEO AULA DE MATEMÁTICA

Vale a pena assistir!

www.4shared.com/dir/uoBVVEvR/Matemtica_-aula_1.html
www.4shared.com/dir/262EbvXp/Matemtica_-aula_2.html 
www.4shared.com/dir/KmFAbpWV/Matemtica_-aula_3.html
www.4shared.com/dir/crVDcdbW/Matemtica_-aula_4.html

quarta-feira, 16 de março de 2011

PROVAS RESOLVIDAS E COMENTADAS



- Prova resolvida do concurso do TRT 24ªRegião 2011.
Baixe aqui.
- Prova resolvida do Banco do Brasil 2011.
Baixe aqui.
- Prova resolvida do concurso da Petrobras 2011 – Técnico de controle.
Baixe aqui.
- Prova resolvida do concurso da Petrobras 2011 – Administrador Junior.
Baixe aqui.
- Prova resolvida do concurso da Escrevente/TJ-2011 – Campinas-Guarulhos.
Baixe aqui.

- PROVA RESOLVIDA DE RACIOCÍNIO LÓGICO DA ABIN-2010 - SUPERIOR E NÍVEL MÉDIO PARA BAIXAR ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA DE LÍNGUA PORTUGUESA DA SEFAZ-SP-2010 COMENTADA PELA PROFESSORA LUCIANE SARTORI
PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA DE DIREITO ADMINISTRATIVO DA SEFAZ-SP-2010 - COMENTADA PELO PROFESSOR JÚLIO MARQUETI
PARA BAIXAR ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA DE INFORMÁTICA DA SEFAZ-SP-2010 - COMENTADA PELA PROFESSORA ANA LÚCIA CASTILHO - PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA DE INFORMÁTICA-SEFAZ-2010 ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA DE DIREITO CONSTITUCIONAL DA SEFAZ-SP-2010 - COMENTADA PELO PROFESSOR JÚLIO MARQUETI - PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA DE DIREITO CONSTITUCIONAL ENTRE AQUI

- Prova resolvida de TÉCNICO DA FAZENDA/SP - SEFAZ-2010-FCC PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA DA SEFAZ-2010 ENTRE AQUI

- Prova resolvida do Banco do Brasil-2010. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- Prova resolvida do ATA-FAZENDA-ESAF-2009. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- Prova resolvida da Secretaria da Administração Penitenciária. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI.

- Prova resolvida de Técnico do INSS-CESPE-2008. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI.

- Prova resolvida de Oficial de Justiça/SP-Vunesp-2009. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- Prova resolvida CEF-Técnico Bancário-RJ-2010. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- Prova TRT-9ºRegiaõ - CESPE-2010.PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI


- Prova - ANALISTA - TRT 15ºREGIÃO - FCC-2010. PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA - CONCURSO FISCAL ISS/SP-2007-FCC - MATEMÁTICA FINANCEIRA-ESTATÍSTICA-RACIOCÍNIO LÓGICO. PARA BAIXAR APROVA RESOVIDA DO ISS-SP ENTRE AQUI.

- PROVAS RESOLVIDAS DE MATEMÁTICA FINANCEIRA DO AFRF. PARA BAIXAR ENTRE AQUI

- PROVA RESOLVIDA E COMENTADA DO BANCO DO BRASIL - 2010 - FCC. PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA DA CAIXA ECONOMICA FEDERAL - TÉCNICO BANCÁRIO - NACIONAL - 2010. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- PROVA RESOLVIDA DO ESCREVENTE - TJ/SP - 2010. PARA BAIXAR A PROVA RESOLVIDA ENTRE AQUI

- PROVA RESOLVIDA - MPE - TOCANTINS - LÓGICA - CESPE. PARA BAIXAR A PROVA DE LÓGICA ENTRE AQUI.

- PROVA RESOLVIDA TCE-SP-2010-FCC. PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI

- PROVA RESOLVIDA TRT-15 - TÉCNICO JUDICIÁRIO - FCC-2010. PARA BAIXAR A PROVA ENTRE AQUI.

- PROVAS RESOLVIDAS E COMENTADAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO DA ESAF - PARA BAIXAR AS PROVAS RESOLVIDAS DE LÓGICA DA ESAF ENTRE AQUI.

- SIMULADO DE QUESTÕES DE PROVAS DE RACIOCÍNIO LÓGICO DA CESPE - RESOLVIDAS E COMENTADAS. PARA BAIXAR ENTRE AQUI

Fonte: catia-pipoca.blogspot.com

terça-feira, 15 de março de 2011



LIVROS INDICADOS POR QUEM ESTUDA PARA CONCURSO

Andei sondando pela net alguns livros de português e matemática utilizados e indicados por alguns concurseiros. Vale dizer que a escolha e a aquisição de um livro vai muito da empatia do leitor para com o autor da obra, logo, sugiro a você ir até uma boa livraria e ler algumas linhas do livro para ter uma ideia da linguagem. Sem enrolação, vamos a eles!


1 - Matemática Básica Para Concursos - Vol.1 - Pedro Bello – Editora Ferreira;

2 - Provas Comentadas da FCC- Paulo Quilelli - 2ª edição – Editora Ferreira;

3 - Português - Rodrigo Bezerra.


Se você, concurseiro e leitor deste blog, conhece um bom livro (seja qual for a matéria) e quiser compartilhar conosco, sua sugestão será bem-vinda.

Vamos lá pessoal, indique aquele livro que fez "a" diferença em sua vida, rumo a tão almejada posse!

Grande abço  


 

segunda-feira, 14 de março de 2011

Como vencer o 'pânico' da interpretação de textos

Técnicas podem ajudar candidato a ter um bom desempenho na prova de concurso.
Professora diz que texto deve ser dividido em partes para ser melhor compreendido.
Marta Cavallini

O hábito da leitura é fundamental durante a preparação para qualquer concurso público. Mas para uma disciplina específica é ponto chave para que os candidatos consigam o maior número de acertos.

A interpretação de texto é o coringa que pode decidir uma vaga porque tem grande peso nas provas. E, se o candidato vai bem na maioria das disciplinas e mal em interpretação, dependendo do concurso, ele é desclassificado.




Editoria de arte G1


Mas algumas técnicas podem ajudar o candidato a ter um bom desempenho na prova e até mesmo compensar a pouca leitura durante a formação educacional.


“Não existe texto difícil, existe texto mal interpretado”, define Cláudia Beltrão, professora de português do curso preparatório de São Paulo Central de Concursos.


Segundo ela, apesar de muitos textos serem extraídos de jornais e revistas, no exame, o candidato, por mais que esteja habituado a ler artigos e reportagens, se sente pressionado para acertar a questão e acaba criando uma barreira que o impede de ver o texto como algo comum. Por isso, muitos ficam "apavorados" na hora da prova.


“O texto é como uma colcha de retalhos. Por isso, o candidato deve dividi-lo em partes, ver as idéias mais importantes em cada uma e enxergar a coerência entre elas”, diz Cláudia.


Outra técnica que ajuda, de acordo com a professora, é procurar dentro do texto as respostas para as expressões "o que", "quem", "quando", "onde", "por que", "como", "para que", "para quem", entre outras. “Essa busca por respostas é uma forma de o candidato conversar com o texto e deixar a leitura mais clara”.



  Errando é que se aprende

No concurso, segundo Cláudia, o candidato muitas vezes não consegue enxergar que na alternativa correta está escrito de forma diferente o mesmo conteúdo do texto.



“Isso é decorrência da falta de hábito de leitura. Por isso, é fundamental que o candidato faça exercícios de interpretação todos os dias durante o estudo. Só errando é que ele vai aprender”.



O treino, diz a professora, pode ser feito com livros e apostilas ou com provas anteriores, de preferência da mesma organizadora responsável pelo concurso que o candidato irá prestar.


A professora de português diz que o candidato deve ficar atento ao enunciado das questões e à forma como devem ser respondidas. As questões de interpretação são de múltipla escolha ou de certo e errado. E no enunciado a organizadora pode pedir que seja assinalada a alternativa incorreta. “O candidato condicionado a procurar sempre a resposta certa acaba errando”, adverte.


Cláudia recomenda ainda que os candidatos leiam as questões antes do texto. “Assim, ele define uma linha de raciocínio e, à medida que lê o texto, já busca as respostas”.


“Os organizadores sabem que interpretação de texto é o ponto fraco de muitos candidatos. Por isso, quanto mais treino, mais 'maldoso' o candidato fica”, diz.

quinta-feira, 10 de março de 2011

Quando as pessoas confundem esforço com inteligência
 
No final do ano passado fui à festa de formatura da minha irmã, na mesma escola pública onde terminei o meu colegial. Procurei pela minha família e assim que a localizei me dirigi àquela mesa. Além dos meus familiares estava sentado lá um sobrinho do meu padrasto com uma pessoa ao qual eu não conhecia.
Então esse sobrinho, ao me apresentar para sua companhia, fez o seguinte comentário:

- Ele chegou! Esse cara ai é “superdotado”. Ele passa em todos os concursos...

Esse comentário me deixou chateado. Porque será que as pessoas confundem inteligência com esforço?

Sou uma pessoa normal que estabeleceu uma meta de passar em um concurso público. Graças às escolhas que fiz consegui ser aprovado e, não considerar todo o esforço que tive que fazer para obter minha aprovação é, no mínimo, injusto pelos seguintes motivos:

1- Enquanto as pessoas estavam no cinema, eu estava assistindo vídeo-aula;

2- Enquanto as pessoas estavam indo para a praia, eu estava estudando Raciocínio Lógico;

3- Enquanto ficavam no MSN jogando conversa fora, eu usava a internet para tirar uma dúvida;

4- Enquanto as pessoas dormiam, lá estava eu fazendo exercícios, ao meu modo;

5- Enquanto as pessoas assistiam a novela das 8 eu analisava um edital e calculava o tempo de prova por questão.
Resumindo, enquanto as pessoas não faziam nada para serem aprovadas em um concurso, eu fazia tudo que estava ao meu alcance para conseguir a aprovação.

Enquanto não somos aprovados somos considerados “os chatos” por não sair para os lugares ou não participarmos de certos encontros, mas quando passamos somos os “superdotados”. Não é muito Injusto?

Como diz a minha esposa: “Dizer que somos superdotados tira todo o nosso mérito por estudar com um objetivo e joga a culpa (mérito) na genética como se esse fosse o único motivo, razão ou circunstância de termos conseguido passar.

Resumo da Ópera - Muitas vezes não somos reconhecidos pelos esforços que fizemos para atingir nossos objetivos.

Carlos Sales é um concurseiro muito esforçado que não gosta que tirem o valor das suas conquistas.

terça-feira, 8 de março de 2011

ALTERAÇÕES NA LEI 8.112/90


Os arts. 83, 96-A e 103 da Lei 8112, de 11 de dezembro de 1990, passam a vigorar com a seguinte redação:

Art. 83. ...........................................................
.............................................................................................

§ 2º A licença de que trata o caput, incluídas as prorrogações, poderá ser concedida a cada período de doze meses nas seguintes condições:

I - por até 60 (sessenta) dias, consecutivos ou não, mantida a remuneração do servidor; e

II - por até 90 (noventa) dias, consecutivos ou não, sem remuneração.

§ 3º O início do interstício de 12 (doze) meses será contado a partir da data do deferimento da primeira licença concedida.

§ 4o A soma das licenças remuneradas e das licenças não remuneradas, incluídas as respectivas prorrogações, concedidas em um mesmo período de 12 (doze) meses, observado o disposto no § 3o, não poderá ultrapassar os limites estabelecidos nos incisos I e II do § 2o.” (NR)

Art. 96-A. ...........................................................
.............................................................................................

§ 3º Os afastamentos para realização de programas de pós-doutorado somente serão concedidos aos servidores titulares de cargos efetivo no respectivo órgão ou entidade há pelo menos quatro anos, incluído o período de estágio probatório, e que não tenham se afastado por licença para tratar de assuntos particulares ou com fundamento neste artigo, nos quatro anos anteriores à data da solicitação de afastamento.

...................................................................................” (NR)
Art. 103. ...........................................................
.............................................................................................

II - a licença para tratamento de saúde de pessoal da família do servidor, com remuneração, que exceder a 30 (trinta) dias em período de 12 (doze) meses.
----------------

segunda-feira, 7 de março de 2011

CONCURSO TSE e TRE/SP 
EDITAL EM BREVE!!!!

Os concursos para o Poder Judiciário não foram atingidos pelo corte de R$ 50 bilhões anunciado pelo governo federal, para conter a ameaça de uma escala inflacionária, de acordo com reportagem do Diário do Nordeste. Há oportunidades para servidores de nível médio e superior com formação em diversas áreas, além de seleções para carreiras como juiz, promotor e defensor público.
O Tribunal Superior Eleitoral oferece oportunidades em regime de cadastro reserva para a sede em Brasília. A comissão organizadora do concurso trabalha para apontar o número de vagas, em quais carreiras, os requisitos, a empresa organizadora, valor da taxa de participação e o conteúdo a ser cobrado na seleção dos candidatos.
A Assessoria de Imprensa do TSE informou que, para candidatos com nível médio completo, serão oferecidas oportunidades de técnico administrativo, com salário inicial de R$ 3.993,09. Já os profissionais com formação superior em Direito poderão inscrever-se para a carreira de analista judiciário para a área judiciária. A remuneração inicial é de R$ 6.551,52.

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo já instaurou a comissão organizadora do concurso para as carreiras de técnico e analista judiciário. Os salários também são de R$ 3.993,09 para técnico e de R$ 6.551,52 para analista. A expectativa é que o edital seja publicado ainda em 2011. O último concurso no TRE-SP foi realizado em 2006.

Galera, estudem, estudem pra valer!!! como se a prova fosse daqui a 1 mês. 

Abço a todos(as)!

terça-feira, 1 de março de 2011